sábado, 18 de dezembro de 2010




Na luz da lua cheia eu ouço o um rio
E dentre o silêncio, eu ouço você me chamando
Mas eu não sei onde estou, e não confio em quem venho sendo
como poderei sair?

O vento me leva,
leva para bem longe...
se você puder ver.

Apenas não me magoe.

Estou feliz agora, posso voar
o vento me levará
sem duvidas eu realmente posso voar.....
obrigada.

Tudo se explica, mas acaba não se revelando
tudo é realmente contrario ao que penso mas tudo que penso pode ser verdade
isso eu considero como uma coisa boa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário