sábado, 14 de novembro de 2015

A menina sem qualidades

Ana, a menina sem qualidades estava certa sobre aquelas mãos. Ana não foi burra de acreditar nelas. Mas nem que fosse por um momento ínfimo, acreditei, sem querer. Ana não.