domingo, 21 de novembro de 2010

jovem coração



Que disperdício de um jovem coração
O que tem de errado, cara?
Você não vê o que é errado,não pode fazer isso certo?
Eu sou um coração perdido no escuro
Girei para muito longe, você para, eu começo
Mas eu serei fiel à você.
Essa prisão parece ser perpetua, a cada minuto que passa mais vontade de liberdade eu tenho, mas as possibilidades
são bem menores do que eu possa imaginar, eu quero, mas a timidez nos impede.
rosas vermelhas sagram o sague que pussa em nossos corações, fazendo assim as fonte mais bonitas e invisiveis do amor.

BY:ANA

Nenhum comentário:

Postar um comentário